segunda-feira, 29 de maio de 2017

Um Sonho

HOJE inicio de semana, começo a leitura de um livro comprado quase há um ano.
"O homem que procurava o sentido da vida" de Ramiro Calle, fala numa viagem à Índia em busca da paz interior seguindo os ensinamentos de um mestre espiritual muito especial.
É um dos meus sonhos, ir até a Índia passar uns tempos num ashram, buscando também minha paz interior. 
Mas por enquanto vou sonhando que estou na Índia, enquanto vou lendo e quem sabe quanto menos esperar estou lá, ou então num ashram mais perto, desde que encontre silêncio, paz, a minha voz interior.
Sonhando, sonhando... e mentalizando lá chegamos e concretizamos nossos sonhos.




domingo, 28 de maio de 2017

De regresso


BOA NOITE
                      E
           FELIZ SEMANA PARA OS QUE POR AQUI PASSAM



sábado, 4 de março de 2017

Nuvens

Hoje pelas 16.00 terminei a limpeza cá de casa. 
Fui lá para fora e deitei-me num banco com as costas para baixo e olhar o céu, o tempo estava bom para estar lá, a descansar um pouco e apreciar o céu.
Muitas vezes andamos tão à pressa e nem nos lembramos de olhar lá para cima, muitos só olham para verem como está o tempo, se está com cara de chuva ou não.
Neste meu descanso fiquei atenta ao movimento das nuvens, o céu estava azul com algumas nuvens, mas de repente começaram a aparecer mais, parece que vinham do norte para o sul, de este para oeste, será que iam em direcção ao mar? 
Não sei, só sei que se movimentavam tão rápido, que assim que apareciam, também desapareciam, umas brancas, outras cinzentas, será que traziam chuva?
Parece que não, o sol reapareceu e voltou a brilhar!


Como Nuvens pelo céu passam os sonhos...

Como nuvens pelo céu                

Passam os sonhos por mim.
Nenhum dos sonhos é meu
Embora eu os sonhe assim. 
São coisas no alto que são
Enquanto a vista as conhece,
Depois são sombras que vão
Pelo campo que arrefece. 

Símbolos? Sonhos? Quem torna
Meu coração ao que foi?
Que dor de mim me transtorna?
Que coisa inútil me dói?



domingo, 26 de fevereiro de 2017

Paisagens





É EM
NÓS QUE AS
PAISAGENS
TÊM PAISAGEM.

De Bernardo Soares












                                                                          

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Chove Há Silêncio

"Tão calma é a chuva que se solta no ar

(Nem parece de nuvens) que parece

Que não é chuva, mas um sussurrar

Que de si mesmo, ao sussurrar, se esquece.

Chove. Nada apetece..."

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro" 


segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Decisões

A ouvir Leonard Cohen 


O tempo lá fora está indeciso, ora sol, ora o céu nublado, um pouco de chuva e como de costume algum vento.
Cá dentro estou um pouco indecisa, entre alguma pesquisa na net, pesquisa para um jantar mais saudável, ou ler um pouco, um livro emprestado já uns tempos que não toco nele "A rapariga no comboio".

Vamos lá a decidir, e começar o ano sem grandes indecisões.
Bom ano 2017 para todos, que seja um ano de grandes projectos, grandes objectivos e muitas concretizações!